Bahia perde o jogo e as chances de Libertadores diminuem

Foto: Tiago Caldas/Fotoarena/Folhapress

Nesse domingo (26) o Bahia recebeu a Chapecoense na Arena Fonte Nova, mais de 37 mil torcedores lotaram o estádio para ver um possível triunfo. Mas a Chape estragou festa e venceu o jogo por um placar magro de 1×0. Além de vencer, a Chapecoense também ultrapassou o Bahia na tabela, o time de Santa Catarina subiu para a nona posição e a equipe baiana caiu para décimo primeiro.

Após a derrota no último jogo de 2017 na Fonte Nova, o Bahia ainda tem chances matemáticas de conseguir uma vaga na libertadores, as chances são pequenas, mas existem. O esquadrão precisa vencer o São Paulo na última rodada do campeonato e torcer por uma combinação de resultados, sem contar, que o Grêmio teria que ganhar a Libertadores e o Flamengo ganhar a Sul-americana, para então virar G-9.

O jogo

Entrando em campo sem pressão nenhuma, a chape foi pra cima e logo aos três minutos de jogo, Wellington Paulista obrigou Jean a fazer uma grande defesa. Aos 18 minutos, Apodi arriscou de longe e o goleiro Jean apareceu mais uma vez para evitar o gol da Chape.

Aos 44 minutos, Canteros recebeu uma bola na areá e tocou para Wellington Paulista abrir o placar, 1×0 Chapecoense.

Segundo tempo

Aos sete minutos do segundo tempo, Douglas Grolli tocou com a mão na bola e o juiz assinalou pênalti para o Bahia. O atacante Edigar Junio, foi o encarregado da cobrança, mas acertou a trave e o placar continuou zerado para o esquadrão.

O tricolor seguiu buscando o empate, mas ficou por isso mesmo, 1 para a Chapecoense e 0 para o Bahia.

 

Ficha técnica

Bahia 0 x 1 Chapecoense
Brasileirão Série A – 37ª rodada

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data/Horário: 26/11/2017, às 18h (de Salvador)
Arbitragem: Pericles Bassols Pegado Cortez (CBF-PE), auxiliado por Cleberson do Nascimento Leite (CBF-PE) e Marcelino Castro de Nazare (CBF-PE)
Cartões amarelos: Amaral, Douglas Grolli, Reinaldo (CHA); Mendoza, Zé Rafael, Feijão, Eduardo (BAH)
Cartões vermelhos: Zé Rafael (BAH)
Gols: Wellington Paulista (CHA)

Bahia
Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Renê Junior (Hernane), Allione (Régis), Vinicius (Edson) e Zé Rafael; Mendoza e Edigar Junio. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Chapecoense
Jandrei; Apodi, Douglas, Douglas Grolli e Reinaldo; Amaral, Canteros, Elicarlos (Fabrício Bruno), João Pedro (Nadson) e Luiz Antônio (Moisés); Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.s

 

Fonte: Bocão News

Jeruan Araujo
Sobre Jeruan Araujo 42 Artigos
Estudante de Jornalismo (Estácio). Repórter dos esportes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*