Jair pega tudo e Fluminense garante grande resultado fora de casa

Foto: Reprodução

Se a partida teve um nome do jogo, esse nome é Jair. O Goleiro do Touro do Sertão foi o destaque da partida e não permitiu que os donos da casa saíssem com a vitória. O Fluminense conseguiu empatar em 1×1 com o Campinense e ganha fôlego para decisão da segunda fase no próximo domingo (16).

O JOGO

O jogo era de muito respeito entre as duas equipes, o Fluminense foi armado pelo técnico Paulo Foiani para o contra-ataque, esperando o Campinense na defesa. Mas aos 17 minutos da primeira etapa a Raposa abriu o placar, Maranhão cruzou na área e o experiente Reinaldo Alagoano abriu o placar.
Aos 33 minutos da etapa inicial Jair fez uma grande intervenção, Osvaldir bateu colocado e o goleiro fez uma fantástica defesa. Aos 37, o Campinense chegou mais uma vez, o lateral-esquerdo Sávio bateu falta no ângulo e Jair como um gato foi pegar a bola.
 
Segundo Tempo
O Touro voltou com uma nova postura para segunda etapa. Logo no inicio da partida João Neto perdeu uma grande chance. Aos 7 minutos, uma boa jogada do Fluminense de Feira, após cruzamento da direita, Rafael Granja dividiu de cabeça com Osvaldir e quase empatou para o Touro.
O Campinense acordou na partida e voltou a exigir do goleiro Jair, Muller dominou no peito, driblou o zagueiro e bateu para o gol. Jair defendeu e impediu o segundo gol da Raposa. 
O Flu de Feira empatou a partida aos 36 minutos com Jonathas Obina. Após cruzamento de Edson, a zaga da Raposa afastou mal e o atacante do Touro empurrou para o fundo das redes. 
Passa a régua
No próximo domingo (16) no jogo de volta no Estádio Joia da Princesa o tricolor feirense joga por um empate sem gols para se classificar a próxima fase da Série D. O Campinense joga por um triunfo por qualquer placar para avançar e caso aconteça um novo empate em 1 x 1ª vaga será definida em cobrança de penalidades máximas. 
Ficha Técnica
Local – Estádio Governador Ernani Satyro (Amigão) – Campina Grande\PB
Arbitragem – Zandick Gondim Alves Junior (RN), auxiliado por Lourival Candido das Flores (RN) e Luís Carlos de França Costa (RN).
Gols – Reinaldo Alagoano – Campinense- (17min\1º tempo); Jonathas Obina – Fluminense – (36min\2º tempo)
Cartões Amarelos – Rafael Granja, Jair (Fluminense); Joécio (Campinense)
Campinense – Gledson; Osvaldir, Joécio, Rafael Jesen e Sávio; Negreti, Leomir, Tiago Potiguar (Tarcísio) e Maranhão (Felipe Ramon); Muller (Carlos Alberto) e Reinaldo Alagoano. 
Técnico – Ailton Silva. 
Fluminense – Jair; Edson, Breno, Eduardo e Gilmar; Rogério, Gil Baiano, David Ceará (Gian Lucas) e João Neto (Rafael Xavier); Rafael Granja (Welton) e Jonathas Obina. 
Técnico – Paulo Foiani. 
Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 514 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Colunista e repórter do Esporte Clube Vitória.

1 Trackback / Pingback

  1. Após semana de mistério, Flu de Feira busca classificação em casa – resenhanarede

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*