“Prefiro pensar jogo após jogo” Diz Renê Junior

Foto: Marcelo Malaquias

Nesta terça (17) o volante Renê Junior concedeu entrevista a imprensa e reconheceu o excelente trabalho do técnico Carpegiani e do time, acredita que agora com essa distancia maior da zona de rebaixamento, o Bahia poderá se dedicar em objetivos além dessa preocupação com o rebaixamento.

Ao falar de seu desempenho no clube, desde que começou a jogar pelo Bahia teve uma excelente maré de regularidade, um trabalho bem feito e bem visto por todos. Com o seu contrato previsto para acabar no final do ano, Renê fala sobre os planos a longo prazo.
– Estou fazendo uma temporada bastante regular, mas sem querer ser desrespeitoso nem nada, eu só tô aqui pra falar do Bahia, é o clube que eu vou honrar a camisa até o final do meu contrato, lógico, a gente tem vontade de ficar, principalmente depois de tudo que o Bahia fez por mim, mas ainda não fui procurado e eles devem saber o momento certo de fazer isso, ainda nada certo com o Bahia, meu contrato é até o final do ano, darei meu máximo até lá, assim como tenho dado desde o primeiro dia.

  1. Completou dizendo que só guardou bons sentimentos dessa temporada no céu e que agradece cada momento de realizações e o quanto se sente em casa.
    – Bênção, gratidão, só quem joga sabe o peso que tem vestir essa camisa, em outras entrevistas falaram que minha relação com a torcida era de amor e ódio, no começo fui muito vaiado, depois fui aplaudido, mas pra mim nunca teve nada disso, sou um jogador maduro, quando cheguei no Bahia eu vinha de uma operação, falei que com trabalho a gente conseguia tudo e sem querer jogar cara de ninguem, isso nunca foi meu propósito, meu propósito é jogar futebol, ajudar o Bahia e poder mostrar pro estado e pro país, quem é René Junior, honrar essa camisa que me sinto muito bem, um lugar onde fui acolhido, o pessoal do campo, a tia da cozinha, que é um bom dia que faz uma diferença enorme, me sinto acolhido não só no clube, mas também pela torcida, uma cidade aprendi a gostar e tenho total respeito.

Com o avanço do time depois das últimas partidas, os torcedores estão animados com o desempenho do time, alguns já pensam em campeonatos maiores e outros mantém a cabeça em ver seu time fora do rebaixamento, Renê prefere pensar assim como seu treinador, jogo após jogo, sabendo da dificuldade até será enfrentar o Flamengo se matem focado e prefere manter a concentração pra não decepcionar a torcida.
– A gente vai lá e não vai se acovardar, vamos procurar colocar nosso futebol em prática, assim como nós temos feito e espero voltar de lá com um resultado bastante favorável e o triunfo.

Vendo a queda de desempenho do time, e depois uma recuperação que até agora trouxe um bom resultado, fala que escolar é normal, analisando as mudanças que o Bahia tem sofrido e as adaptações ao treinador, vendo melhoras positivas ao estilo de Carpegiani, acredita que contra o flamengo conseguirá desempenhar as táticas de jogo e resultados esperançosos para o Bahia.

Carol Ribeiro
Sobre Carol Ribeiro 63 Artigos
Estudante de Jornalismo (Estácio). Repórter dos esportes.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*