Quem é o campeão dos campeões? É o Bahia

Após 15, o torcedor tricolor viu a conquita de um título fora do Estado. Nessa quarta-feira, o Bahia encerrou o jejum com grande estilo, batendo o Sport por 1×0 e levantando a taça de campeão da Copa do Nordeste. O Bahia dominou a partida. Com apoio da Fonte Nova lotada, o Esquadrão não jogou com o regulamento, que lhe dava a vantagem do empate, e foi com tudo para cima do Sport. Pela atitude ousada, a equipe baiana foi presenteada aos 11 minutos. Ediga Junio recebeu de Armero, deu um belo giro em cima do zagueiro Durval e lançou por cobertura por cima do goleiro Magrão, espetáculo. O Sport não se encontrava em campo e via uma blitz de perder gol do Bahia. Se não bastasse, aos 32 minutos Rogério foi expulso após simular pênalti. O atcante recebeu ali o segundo amarelo na partida. O Bahia voltou para segunda etapa ainda mais ofensiva, mas inúmeras foram as chances perdidas de gol na Arena Fonte Nova. O placar deixava o torcedor tenso, ainda mais quando ao final da partida o Sport se lançou ao ataque de forma desordenada. O relógio custou a pasar o tempo, mas com o apito final da partida, o torcedor tricolor pôde soltar o grito de é campeão. A Arena Fonte Nova tremeu com a festa da torcida e o batuque do Psirico.

FICHA TÉCNICA BAHIA 1 X 0 SPORT

Local: Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 24 de maio de 2017, quarta-feira Horário: 21h45 (Brasília)

Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL) Assistentes: Esdras de Lima Albuquerque (AL) e Rondinelle dos Santos Tavares (AL) Cartões amarelos: BAHIA: Régis, Edson e Renê Júnior. SPORT: Rogério (2), Ronaldo, Marquinhos Cartão vermelho: SPORT: Rogério

Público: 41.175 torcedores Renda: R$ 1.620.453,00 GOL: BAHIA: Edigar Junio, aos 11 minutos do 1T.

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Edson, Renê Júnior (Juninho) e Régis (Matheus Sales); Zé Rafael (Gustavo), Allione e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira

SPORT: Magrão; Matheus Ferraz, Henriquez e Durval; Raul Prata (Marquinhos), Ronaldo (Leandro Pereira), Fabrício (Everton Felipe), Diego Souza e Mena; André e Rogério. Técnico: Ney Franco.

Osvaldo Barreto
Sobre Osvaldo Barreto 513 Artigos
Advogado. Estudante de Jornalismo (Estácio). Colunista e repórter do Esporte Clube Vitória.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*