Em jogo recheado de expulsões, Bahia perde e se despede da Sul-Americana

Foto: Felipe Oliveira/ECB.

Bahia e Motevideo City se enfrentaram na noite desta quarta-feira (26), partida válida pela última rodada classificatória da Sul-Americana. Em jogo recheado com três expulsões, o Tricolor baiano lutou, mas viu os argentinos vencerem por 4 a 2.

O jogo

O Bahia começou a partida a toda velocidade e abriu o placar logo no primei minuto, com Thonny Anderson, que jogou no lugar de Gilberto.  O problema é que não demorou par ao Tricolor perder volume de jogo e ver o Montevideo City crescer em campo. A equipe uruguaia desperdiçou chances até Pizzichillo aproveitar um buraco defensivo para empatar a partida aos 24 minutos. Logo depois, Matheus Bahia foi expulso pelo segundo amarelo, o que deixou o time baiano em mais dificuldades. Ainda no primeiro tempo, Scotto recebeu assistência de José Álvarez e finaliozu com o gol vazio para virar o placar.

A segunda etapa começou como a primeira. Logo no primeiro minuto, o Bahia abriu empatou a partida. Golaço de Nino Paraíba! Daniel faz ótimo lançamento para Nino, que se livrou da marcação e toca de esquerda, na saída do goleiro. Mas, o que é ruim pode piorar. Aos sete minutos, o zagueiro Conti foi expulso após dar uma cotovelada em Darío Pereira. Aos 19, Cartão vermelho para o goleiro Guruceaga, após entrar de carrinho no lateral Juninho Capixaba. Com jogadores a menos em campo, a partida ficou aberta e quem se deu melhor foi o City. Aos 31, Rak fez fila na defesa do Bahia e cruzou para Guzmán, que escorou para Allende cabecear para o gol vazio. Ainda deu tempo de Guzman marcar o quarto aos 46 minutos.

O Bahia encerra a competição na terceira posição do Grupo B.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui