No “Speed”, Vozão tenta manter a invencibilidade e conquistar a Orelhuda

Foto: Ceará/Ascom.

Com uma inquestionável invencibilidade de 10 jogos (seis vitórias e quatro empates), o Ceará chega à final da Lampions com grandes chances de se sagrar o Campeão do torneio. Meta esta, que poderá se concretizar nos próximos dois jogos de ida (1) no Pituaçu e volta (8) no Castelão, em Maio contra o Bahia.

O Vozão chega à disputa da Orelhuda com a defesa menos vazada, por ter tomado apenas três gols, e um dos ataques mais efetivos do campeonato com 19 tentos. Gols estes marcados por oito jogadores, com destaques pra Saulo Mineiro (4 gols) e Felipe Vizeu (3 gols).

O destaque não se resume aos bons desempenhos da dupla de zaga do vozão e pela velocidade e efetividade ofensiva liderada por Saulo Mineiro, Felipe Vizeu e “Speed” Mendoza do time de “Gordiola”, nesta Lampions.

O meio de campo do Vovô tem dado muita dor de cabeça para os adversários. O destaque para o poderio ofensivo do Ceará fica por conta do meio-campo Vina (ex-Bahia), que já marcou quatro gols nessa temporada (Sul-Americana e Copa do Nordeste).

Em entrevista coletiva (15) antes de enfrentar o Sampaio Corrêa pelas quartas de final, Vina foi bem categórico ao ser abordado sobre o favoritismo do Vozão na Lampions “A gente sabe como é o futebol, hoje é difícil falar em favoritismo. Estrutura melhor, um elenco mais valioso não entra dentro de campo. A gente sabe que campeonato tá muito igual, e o respeito e favoritismo temos que colocar dentro de campo”.

Mesmo com o estadual paralisado, o Alvinegro Cearense está no “Speed” de repetir o mesmo feito de 2020, conquistar a Orelhuda de forma invicta, pela segunda vez seguida em cima do Bahia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui