Paulo Carneiro fará sua sétima aposta em treinador inexperiente no Vitória

Foto: Vasco Da Gama

A gestão do presidente Paulo Carneiro caminha para seu oitavo treinador. Agora, com o anuncio oficial de Ramon Menezes, o gestor mantém a linha e apostará em mais um nome para comandar o time na Série B.

Ídolo do Vitória como jogador, Ramon ainda é um treinador verde na beira do gramado. Aos 48 anos, ele iniciou sua carreira como treinador profissional em 2016, em clubes menores como Anápolis, Guarani (MG), Joinville. Em 2020 voltou a ser auxiliar técnico no Vasco e depois foi efetivado. Ramon esteve à frente do clube carioca em apenas 14 jogos. Posteriormente o treinador comandou o CRB em apenas nove partidas. A verdade é que Ramon nunca comandou nenhuma equipe por mais de 15 jogos profissionalmente.

Não é demérito nenhum afirmar que o Vitória hoje trocou seis por meia dúzia. Assim como Rodrigo Chagas, Ramon Menezes é um treinador inexperiente. Mas, esta é a linha de treinadores da gestão de Paulo Carneiro. Contratar Geninho foi um ponto fora da curva. Coincidentemente foi com um treinador experiente que o Leão teve os melhores momentos dentro de campo.

  • Osmar Loss: Em 10 jogos: 2 vitórias, 2 empates e 6 derrotas – 26% de aproveitamento
  • Carlos Amadeu: Em nove jogos: 3 vitórias, 4 empates e 2 derrotas – 48%de aproveitamento
  • Geninho: 25 jogos: 9 vitórias, 12 empates e 4 derrotas – 50,6% de aproveitamento
  • Bruno Pivetti: Em 19 jogos: 4 vitórias, 9 empates e 6 derrotas – 36,8% de aproveitamento
  • Eduardo Barroca: Em nove jogos: 1 vitória, 4 empates e 3 derrotas – 29% de aproveitamento
  • Mazola Júnior: Em quatro jogos: 1 vitória e 3 derrotas – 25% de aproveitamento
  • Rodrigo Chagas: Em trinta jogos: 11 vitórias, 13 empates e seis derrotas – 51% de aproveitamento

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui