Prefeitura de Salvador mantém silêncio sobre descumprimento de medidas restritivas na final da Copa do Nordeste

Foto: Vitor Villar.

O ex-governador Otávio Mangabeira diria: “pense num absurdo, na Bahia tem precedente”. A frase presente na cultura popular dos baianos ganhou mais um motivo para ser citada, isso porque, no último sábado (1), foi autorizada a presença de torcedores do Bahia e do Ceará no estádio de Pituaçu, para assistirem a final da Copa do Nordeste.

Tudo normal, se não fosse o momento de pandemia vivido e as medidas de restrições vigentes no Estado e na capital. A reportagem do site Resenha na Rede buscou posicionamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SEDUR), responsável pela fiscalização do cumprimento das medidas restritivas em Salvador, mas apesar da promessa de retorno, até o fechamento da matéria nada foi informado.

O Bahia informou, em texto divulgado aos sócios e para imprensa, que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deu autorização para torcedores assistirem a partida. Contudo, vale lembrar que, a cidade de Salvador está sob um decreto que proíbe a presença de públicos em eventos esportivos, incluindo estádios de futebol.

Foto: Vitor Villar

Em fotos recebidas pela redação, é possível observar a presença de torcedores dos dois clubes. A equipe do Resenha na Rede apurou que 18 conselheiros do Bahia foram contemplados e puderam assistir a partida.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui