Preparador Físico do Bahia avalia condição física dos atletas estrangeiros contratados: “Eles têm que se adaptar rápido”

Felipe Oliveira/ECB.

Após uma derrota amarga para o Flamengo, o Bahia terá mais uma semana cheia para aprimorar os treinos antes da próxima partida contra o Atlético-MG, no domingo (25), fora de casa, às 11h.

Na manhã de hoje (20), o preparador físico do Tricolor de Aço, Luiz Andrade, deu um feedback sobre o recém-contratado Rodallega: “ele chegou depois de um mês praticamente parado, treinando por si só, em academia, fazendo corridas leves. Então, ele necessariamente já ia ter pelo menos uns 15 dias só com a gente nas questões de condicionamento.”

Ao ser questionado sobre o sofrimento da parte física que os atletas estrangeiros sentem, ele afirma: “A palavra é: adaptação! Adaptação ao clima, como você bem explanou, adaptação ao estilo de treinamento. Então isso requer um tempo, mais tempo que provavelmente a gente não tem, então eles têm que se adaptar rápido.”

Ainda de acordo com o preparador físico do Bahia, nos próximos 10 dias, após questões burocráticas, o atleta Rodallega poderá estar apto a participar dos jogos do Tricolor no Brasileirão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui