Presidente do Vitória é afastado por 60 dias

FOTO: DAVI LEMOS/TODA BAHIA

O Conselho Deliberativo do Vitória decidiu nesta quinta-feira (2), no Barradão, pelo afastamento do presidente Paulo Carneiro por 60 dias, para que as possíveis infrações sobre gestão temerária sejam avaliadas.  Com isso, neste caso, o vice-presidente Luiz Henrique Viana assume momentaneamente. Caso o mesmo não queira assumir, o estatuto determina que o presidente do Conselho Deliberativo, Fábio Motta, assuma.

De acordo com o parecer da Comissão de Ética, que investiga a gestão do cartola, existe ausência de um contrato entre o clube e a empresa Magnum, que recebeu R$ 3.586.068,00 do Vitória; e adiantamento de remunerações feito por Paulo Carneiro, presidente do Conselho Diretor.

Paulo Carneiro é o quinto presidente diferente do Vitória nos últimos seis anos. Os dois anteriores, Ivã de Almeida e Ricardo David, renunciaram ao cargo após forte pressão política. Antes deles, a situação também aconteceu com Carlos Falcão, em 2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui