Tribunal aumenta pena dos envolvidos em confusão na final da Copa do Nordeste

Foto: Thiago Gadelha.

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ampliou as punições dos envolvidos na confusão na final da Copa do Nordeste 2021.

Por unanimidade, os auditores puniram Nino, Jael e Mendoza com dez jogos de suspensão. Daniel, Juninho e Gabriel Dias pegaram oito jogos de gancho cada.

Pelo fato de Nino Paraíba ter invadido o gramado, o Tribunal puniu o Bahia com a perda de um mando de campo, que deverá ser cumprido no Campeonato Brasileiro.

Como fica

Pelo lado do Bahia, Nino cumpriu sete jogos de punição. Como teve a pena ampliada, precisará ficar fora de mais três partidas. Já Daniel e Juninho cumpriram duas partidas de gancho cada um. Assim, Daniel terá que ficar mais seis jogos fora. Juninho foi negociado e não disputa mais jogos pelo Tricolor.

No Ceará, Jael e Gabriel Dias cumpriram dois jogos de punição. O atacante tem mais oito partidas de gancho, e o lateral mais seis. Mendoza ficou fora por três partidas e cumprirá mais sete jogos de suspensão.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui